Líquidos anticongelantes - 1920

Misturas Frigorifícas - Sal Frigorífico




Para grandes instalações frigoríficas.

Urna solução de 
-sal de cozinha de 25% pode atingir uma temperatura de 17,5% sem
congelar, 
-uma solução de cloreto de calcio de 25% vai até 22°, 
-uma solução de cloreto de magnésio de 25%. pode ter 31° sem congelar.

Para eliminar a influência nociva do sal de cozinha e do cloreto de cálcio nas peças de ferro, adiciona-se: 
-a l kg  sal de cozinha, 10 a 20 grs. de carbonato de sódio
-a l kg.  cloreto de cálcio,  5 grs. de hidróxido de sódio.

Sal frigorífico.

O sal para a produção de misturas frigoríficas contém 20% de cloreto de cálcio, 6% de cloreto de sódio, 20% de cloreto de-magnésio, 13% de cloreto de potássio e 41% de água. Misturando-se estes sais com a mesma quantidade (em volume) de neve de 0° obtem-se uma mistura frigorífica, cuja temperatura se abaixa
ate 15 a 20°. Misturando-se os sais com gelo despedaçado de 5°,  a temperatura da mistura decresce de 30°.

Misturas frigoríficas.

1. -1000 partes de nitrato de amónio triturado são dissolvidas, em l litro de água fria, pelo que a temperatura abaixa cerca de 20°
2. -5 partes de nitrato de amónio — 6 partes de sulfato de sódio são misturadas com 4 partes de ácido nítrico diluído, dando um abaixamento de cerca de 30°.
3. -l parte de nitrato de amónio — 2 partes de neve. Abaixa­mento até 17°.
4. -l parte de sal de cozinha — 3 partes de cloreto de cálcio. cristalisado. Temperatura até 33°.

O hiposulfito de sódio pode ser empregado para a produção de frio. Este é apropriado especialmente para o uso nas residências particulares.
Para este fim põe-se em vidros cilíndricos, que pos­suam uma tampa com fecho hermético (capacidade ca. de 1 l/2 li­tros), uma quantidade de 1 l/2 kgs. de hiposulfito de sódio cristali­sado e l litro de água fria.
A temperatura desta mistura cai de cerca de 15 a 18°.
Estes vidros podem ser postos em água que se torna, dentro de pouco tempo, muito fria.
Para recuperar o hipo­sulfito de sódio, deixa-se a solução, que se satura pouco a pouco, ao ar livre. Aquecendo ligeiramente, o sal fica cristalisado, no vidro, e pode ser utilisado novamente.

Um comentário: